Notí­cias


Johnny Clarke – Uma lenda viva do reggae pela primeira vez no Brasil

17 set 2014

Johnny Clarke – Uma lenda viva do reggae pela primeira vez no Brasil

 

O projeto “Sexta do Vinil” orgulhosamente apresenta um dos artistas jamaicano mais consagrado da história do reggae, “Johnny Clarke”. O astro desembarca pela primeira vez em solo brasileiro para abrilhantar o projeto sexta do vinil que é realizado todas as sextas no Porto da Gabi no Aterro do Bacanga em seu terceiro ano.

Johnny Clarke chega à São Luis embalado por grandes clássicos do reggae em sua extensa carreira, como “My Desire”, “Take My Hand” e o maior sucesso da atualidade que está encantando à todos regueiros pelos vários points da cidade, Gonna Love You More.

Clarke se apresenta ao lado do baixista “Lloyd Parks” considerado pela crítica como um dos músicos mais importante da cena reggae da Jamaica, já tendo acompanhado a nata da música jamaicana, além da sua carreira solo, onde destacam-se grandes sucessos na ilha de São Luis de conhecimento público como “The Wonder Of You”, “Forgive Me” entre outros.

Na abertura da noite, os trabalho dos principais dj’ e equipes de discotecagem da cidade, em destaque a pioneira das equipes de vinil e residente da casa (Porto da Gabi) Rádio Zion & Radiola Reggae com os dj’s Joaquim Zion & Marcos Vinícius, com participação muito especial dos dj’s Léo Scartney ( Orquestra Invisível ), DJ Tarcísio Selektah (High Vibes Sound System), Dj Jorge Black – O Peso do Reggae (Rádio Cidade FM) & equipe “Disc Memory” com os dj’s Marcos & Geovanni Memory.

O Show do jamaicano Johnny Clarke começa a partir das 19hr com os Dj’ convidados, logo em seguida a grande estrela da noite acompanhado pelo talento de uma das bandas mais importante da cena regueira de São Luis, A Banda Capital Roots.

Com um currículo invejável, a Banda Capital Roots já se apresentou na ilha em grandes festivais e shows com artistas consagrados como Eric Donaldsom, Owen Gray, Cedric Myton, Gregory Isaacs, Ijahman, Max Romeo e por último um grande fenômeno do reggae John Holt, ou seja, é bagagem de sobra para um talento produzido na capital brasileira do reggae.

 

Johnny Clarke

Clarke cresceu em Kingston no gueto de “Whitfield”. Em 1971, ele ganhou um concurso de talentos em Bull Bay , seu prêmio de uma reunião com produtor Clancy Eccles , com quem gravou sua primeira canção, “God Made The Sea and the Sun “, no ano seguinte o single não vendeu bem. Decepcionado com a falta de promoção de Eccles, ele se mudou para trabalhar com o produtor “Rupie Edwards” , com quem produziu os primeiros sucessos em 1973, como: “Everyday Wondering” e “Julie”. Em 1974, Clarke mudou-se novamente para a gravadora “Jump Back Baby” de propriedade de “Glen Brown” antes de iniciar uma longa associação com Bunny Lee e sua banda Os Aggrovators em 1974. “None Shall Escape The Judgment ” (Ninguém Escapará da Sentença) foi um sucesso imediato e tornou-se a faixa-título do álbum de estreia de Johnny Clarke.

A importância de Johnny Clarke é tão grande, que ele foi nomeado Artista do Ano na Jamaica, em ambos 1975 e 1976, e tornou-se um dos cantores mais populares da ilha, misturando canções originais com covers de canções de reggae mais populares de outros artistas e misturando raízes e amantes de temática material.

Muitas das canções de Clarke diz respeito a sua fé como um Rasta e as crenças do movimento Rastafari, incluindo anti-violência (como em “Let Go Violência”) e legalização da maconha (“Legalize It”). Ele ajudou a definir o período de “Flying Cymbals” que precedeu o som “Raízes Rockers” de meados para o final de 1970.

Clarke foi um dos primeiros artistas jamaicanos que assinou contrato com a Virgin Records subsidiária Frontline ‘, em 1976, lançou os álbuns “ Authorized Version and Rockers” (Autorizados Versão e Rockers). Sua popularidade na Jamaica, no entanto, esfriou quando ele se mudou para Londres em 1983, gravando com o podutor “Mad Professor”, bem como outros produtores jamaicanos assim como “King Tubby”, “Errol Thompson” & “Prince Jammy”. Desde então, ele ocasionalmente reapareceu com um novo material – Rasta Nuh Fear em 1992, e Rock With Me , em 1997 – e continua a viajar regularmente entoando sua voz inconfundível pelo mundo a fora e traz na sua bagagem para São Luis, pela primera vez, as canções que marcam a história do reggae na Jamaica Brasileira.

 

SERVIÇO

O QUÊ: SHOW JOHNNY CLARKE ACOMPANHADO DE LLOYD PARKS E BANDA CAPITAL ROOTS

PARTICIPAÇÕES: DJ’S TARCÍSIO SELEKTAH, JORGE BLACK, LEO SCARTNEY, EQUIPE DISC MEMORY E RADIOLA REGGAE & RÁDIO ZION.

ONDE: PORTO DA GABI, ATERRO DO BACANGA

DIA: 26 DE SETEMBRO (SEXTA FEIRA)

HORÁRIO: A PARTIR DAS 21HR.

 

INGRESSOS À VENDA:

WWW.DRINGRESSO.COM.BR , LOJA BURITI ARTESANATO (PRAIA GRANDE/REVIVER) E NO PORTO DA GABI.

VALORES/ INGRESSOS:

R$: 25.00 (ANTECIPADO) NAS BILHETERIAS DO PORTO DA GABI, ATERRO DO BACANGA.

R$: 30,00 NO SITE: WWW.DRINGRESSO.COM.BR E NA LOJA BURITI ARTESANATO

 

CONTATOS:

098- 8849 9016/8812 1098

JOAQUIM ZION & MARCOS VINÍCIUS

Email: [email protected]/[email protected]

© Reggae Total 2019 | Todos os direitos reservados